O que é transição capilar: saiba dicas incríveis sobre essa transformação

Compreender o que é transição capilar vai além da definição. Existem muitas questões de empoderamento atreladas, fases delicadas, expressões próprias e um universo de descobertas!

Transição capilar é o processo pelo qual passam mulheres que resolveram deixar de alisar o cabelo e assumir seus cabelos naturais, sejam eles crespos, cacheados ou ondulados.

Ao longo dos anos, algumas mulheres até esqueceram como são seus cabelos naturais e como era sua aparência antes de passar a alisar o cabelo com frequência, seja por meio de chapinha, escova progressiva, massagem, relaxamento.

Com isso, esqueceram como são seus traços e sua beleza natural. Esses tratamentos químicos ou térmicos de alisamento também são nocivos à fibra do cabelo, e nesse artigo você descobre o que é transição capilar e quais são as principais etapas desse tratamento. Confira agora!   

Afinal, o que é transição capilar?

o que é transição capilar_Hair Fly_1

Se você apenas faz uso de tratamentos térmicos diariamente como chapinhas e escovas, ao suspender a aplicação ela traz resultados rápidos. Em pouco tempo o cabelo volta à textura normal, mas é claro que a suspensão precisa ser aliada a um tratamento de hidratação e cuidado para recuperar os fios. Fizemos esse artigo para explicar o que é transição capilar porque atualmente muitas mulheres estão optando por esse processo, que consiste em assumir a forma natural dos cabelos e se libertar de procedimentos para alisar as madeixas.

Se o seu caso é o mesmo de mulheres que aplicam químicas permanentes, o processo é demorado e exige paciência, afinal, não há como recuperar anos de processos químicos em apenas algumas semanas, concorda?

A suspensão do tratamento para alisar os cabelos implica que dentro de algumas semanas a raiz vai começar a crescer e na falta da reaplicação da progressiva o cabelo terá 2 texturas diferentes. Esse momento é um pouco chato e muitas vezes pode diminuir a sua autoestima, fazendo com que caia na tentação de alisar novamente para controlar essa diferença de textura. No entanto, o mercado já possui produtos especializados, técnicas e dicas de quem já concluiu a transição que podem lhe ajudar a atravessar esse momento.

Ao descobrir o que é transição capilar, você percebe que o crescimento do cabelo é o ponto principal e por isso muitas mulheres optam por deixar a raiz natural aparecer e logo em seguida cortam bem curtinho. Esse corte é conhecido como Big Chop. Mas, se você quiser ir com mais calma, você também pode ir cortando pouco a pouco até que o cabelo esteja todo natural e do tamanho que era antes de começar a transição.

Não se preocupe com a queda de cabelo!

o que é transição capilar_Hair Fly_2

Quando se fala sobre o que é transição capilar, a queda de cabelo é uma das grandes preocupações. No entanto, nem sempre é um mau sinal. Existem muitos fatores que podem agravar a queda de cabelo.

Primeiro, é preciso entender que esse é um processo natural e que existe um nível considerado normal. Por dia, cerca de 100 fios caem. No entanto, se o seu cabelo é cacheado e passa 2 dias sem ser desembaraçado, na próxima vez que for penteado, será possível visualizar a queda de cerca do dobro de fios e isso pode lhe assustar um pouco. Para além do nível normal, algumas doenças, alimentação, fatores genéticos e hormônios também influenciam na queda do cabelo.

Durante a transição, para disfarçar a dupla textura do cabelo, muitas mulheres optam por fazer tranças, rabos de cavalo e outros penteados. Quando esses ficam muito apertados, é possível que causem rompimentos nos fios e até danos ao couro cabeludo. Por isso, você precisa estar atenta para não viver com o cabelo preso, sem deixar o cabelo respirar.

É justamente a dupla textura que explica a queda motivada pela transição. A parte alisada é bem mais enfraquecida que o cabelo que está crescendo natural. Assim, provavelmente, os fios que parecem estar caindo, na verdade estão se quebrando no ponto de divisão entre a parte alisada e a parte natural.

Fique atenta e ao sentir necessidade marque uma consulta com um(a) dermatologista, um especialista com certeza vai poder lhe orientar, explicar tudo sobre o que é transição capilar e dar dicas sobre o tratamento para cuidar da queda do seu cabelo.

Cadastre-se eganhe 10% de descontoem sua primeira compra!

Entenda o vocabulário das cacheadas

Agora que você já sabe o que é transição capilar e que explicamos o que é o Big Chop, você já deve ter percebido que existem muitas expressões desse universo de cuidados com o cabelo e a transição. Para deixar você por dentro dessas expressões, preparamos um minidicionário com as mais usadas. Confira abaixo:

Tipos de Cabelos: Existe uma classificação dos tipos de cabelo, ela utiliza números e letras e categoriza desde cabelos lisos a cabelos crespos da seguinte maneira:

As letras se referem a espessura dos fios, sendo a letra “A” referente a fios finos, a letra “B” corresponde aos medianos e a letra “C” aos mais grossos.

Scab hair: são os primeiros fios que crescem após a suspensão dos tratamentos químicos de alisamento. No entanto, eles ainda não são como os fios naturais, crescem um pouco danificados com resquícios de química.

Baby hair: muitas vezes são confundidos com fios quebrados, mas são cabelos novos, que estão iniciando o crescimento e surgem pela nuca ou testa.

Cronograma capilar: é quando a pessoa desenvolve uma dieta/agenda de cuidados para o cabelo, considerando 3 fases: nutrição, hidratação e reconstrução. Assim, realiza procedimentos e utiliza produtos adequados para cada fase. Clique no botão abaixo e tenha a sua própria tabela de acompanhamento para seu cronograma capilar.

 

Baixe aqui seuPlanner Capilar

 

Texturização: é uma técnica aliada da transição capilar, que consiste em cachear a parte alisada do cabelo, ou simplesmente formar cachos.

Bigudinhos: com uma proposta semelhante aos bobs, são acessórios que a intenção é auxiliar na texturização e formação de cachos.

Dedoliss: também é um método de texturização, mas nesse caso, a técnica consiste em separar o cabelo em mechas e fazer os cachos manualmente.

Fitagem: com foco na texturização, é uma forma de distribuir produtos finalizadores. Com o cabelo separado em pequenas mechas, realiza-se as aplicações em cada uma dessas “fitas”.

Enluvar: muito voltada para hidratação dos cabelos, é um método de aplicar produtos em todo o comprimento dos fios. Depois de separar o cabelo em mechas, aplica-se o produto da raiz às pontas: funciona como uma massagem para os fios.

Day after: é o dia após a lavagem do cabelo, normalmente o problema é que os cachos perdem a definição.

Revitalização: é quando os cachos são remodelados no day after.

Co wash: é uma forma de fazer a limpeza dos cabelos apenas usando condicionadores (livres de silicones e petrolatos).

É importante manter a paciência no processo

Para fazer o tratamento você precisa saber tudo sobre o que é transição capilar e ter em vista que o processo é longo, exige tempo e cuidados a mais com o cabelo. Então, aqui vão algumas dicas para você não desistir do processo:

Converse com outras pessoas!

É sempre bom conversar com alguém que já passou pela transição e que pode lhe deixar ciente sobre o que é esse tratamento na prática: cada etapa pela qual você vai passar, as dificuldades mais comuns, as descobertas e os benefícios ao longo do tempo. Caso você não conheça pessoas que possam ter esse tipo de conversa com você, procure no Facebook grupos e fóruns de discussão. Você pode pedir dicas, tirar dúvidas, acompanhar a transição de outras mulheres, trocar experiências e claro, se manter motivada.

Pesquise sobre o que é transição capilar!

Quando começamos um projeto delicado como esse, é importante entender bem do assunto para se manter motivada. Continue pesquisando sobre o que é transição capilar, sobre técnicas e produtos e em quê cada um pode lhe ajudar. A internet oferece um mundo de informações, mergulhe no mundo das crespas e cacheadas!

Tenha certeza que está fazendo isso por você e para você!

É importante que você tenha a certeza que está tomando a decisão de iniciar a transição capilar por você mesma e não por pressão de amigas que já fizeram ou influência de blogueiras, modelos e atrizes. Essa mudança exigirá a sua dedicação, então tome a decisão por você. Tenha certeza que autenticidade, empoderamento e beleza natural não dependem de uma transição capilar, mas que tudo isso pode ser proporcionado por uma transição iniciada pelos motivos certos.

Assumir a própria naturalidade pode lhe proporcionar liberdade e, inclusive, é um passo muito importante para elevar a sua autoestima. Você já sabe o que é transição capilar e por isso, ao começar o tratamento, tenha em mente que é necessário escolher seus principais aliados nesse processo. Os produtos que você vai utilizar precisam ser de uma marca especialista em transição capilar que lhe dê total confiança no seu tratamento.

Quer conhecer tudo sobre a transição capilar? Então baixe o guia completa para o tratamento e saiba dicas incríveis para manter os seus cachos saudáveis e naturais! Clique abaixo e faça o download do eBook gratuito.

cta-ebook-transicao-capilar-hairfly

Comentários

Deixe seu comentário